Minha arma “anti-desistência”.

Os sonhos movem o homem desde sempre.

Podemos até nos tornar vítimas de nossos sonhos. Mas, quando aprendemos a controlar expectativas e nosso pé pisa firme no chão, um em frente ao outro, caminhamos através deles com foco firme e perseverança pelo do caminho todo.

A vida não pode te dar segurança, apenas oportunidades.

A vida não vai nos dar segurança ou garantias em contratos assinados. Seja sobre ser bem sucedido financeiramente, se casar, não ficar careca, não ter celulite, virar fotógrafo, escritor, sapateiro, viajar o mundo ou não sofrer um ataque cardíaco. Aliás, eu falo em sonhos no plural, afinal ter um grande sonho é muito bom, mas ter vários não deixa de ser menos maravilhoso e estimulante.

É preciso ser corajoso para sonhar, pois quando verdadeiro, esse sentimento vai te mover para algum lado, ele vai te inquietar, vai te dar comichão nas pernas e te arrancar o traseiro da cadeira. Só consegue ser corajoso quem não fica confortável, pois não existe co-existência entre ser corajoso e estar confortável. A coragem exige, os sonhos também.

Me considero um sortudo em sempre encontrar pessoas que me encorajaram, me guiaram de alguma forma e ajudaram em meus sonhos – e ainda o fazem.

Num sentimento mútuo de gratidão e sinceridade comigo mesmo, por quem eu posso, faço questão de fazer o mesmo, reconheci essa como minha missão e minha profissão. É um grande prazer encontrar e encorajar sonhadores e ajudá-los a se tornarem realizadores, transformando sonhos em objetivos, porque é essa a vida que vale a pena, de evoluir espiritualmente nas aventuras de seus sonhos.

 

 

Você tem medo de cair da nuvem? Conheça o “anti-desistência”.

Sonhos podem te derrubar das nuvens, e aí, o monstro da desistência te agarra pelos pés e quer te puxar ainda mais para baixo do seu céu com as garras da crítica, da falta de auto-confiança, pouca fé e das desculpas esfarrapadas.

É para momentos assim que eu tenho uma arma que chamo de “anti-desistência”.

Você já teve momentos na vida em que ela própria parece lhe ter olhado nos olhos e falado: “toma aqui jovem, guarda isto contigo, vai ser útil pela sua vida, lembre-se com carinho!”?

Tive alguns momentos desses. Um deles me gerou uma foto, por exemplo. Pois é, uma simples foto.

Já falei sobre a ocasião dessa foto neste artigo aqui, foi quando conheci um dos músicos que mais admiro, John Mayer.

Conhecer um cara que você admira, te inspira e que – teoricamente – é difícil de se ter acesso é algo forte. Imagino, por exemplo, que o próprio Mayer não teve a chance de conhecer seu maior ídolo, Stevie Ray Vaughan.

Um pequeno e simples sonho, mas um sonho que, o que muitos chamam de sorte, me proporcionou.

Esse pequeno, mas importante sonho, é um exemplo da minha arma para cada vez que meus sonhos começam a cobrar de mim mais coragem e menos conforto.

Se eu ganhei um presente como aquele, fazendo por merecer as chances que a vida deu, precisando viajar boas milhas, ir a um país desconhecido até então, quase ficar sem os ingressos por problemas com troca de cartão de crédito, encarar chuva e um frio danado, entre outras histórias da aventura… por que raios desistir dos demais sonhos?

A Vida nunca te dará sonhos que você não possa realizar, ela vai te dar chances, e se você se vestir de coragem e vontade, Ela vai te trazer o que é seu por merecimento.

No tempo certo, o que é merecido acontece e a comemoração virá. Faça hoje o que puder fazer hoje, faça mais amanhã, e depois de amanhã faça ainda melhor.

Não pare, não caia da nuvem, e se cair, se agarre a uma outra, por menor que seja, seu esforço te trará uma nova nuvem para se sustentar. Use o seu “anti-desistência” sempre que precisar, acredite, tenha fé, sonhe sem parar e não pare de caminhar, um passo após o outro.

Vamo que vamo!

 

.

  • Muito bacana o texto! A força de vontade é o nosso jetpack! hahahahaha

  • Evandro Bortoleto

    Que as nuvens sejam de chuva, e molhe o solo,
    Que em terra fértil e firme cresça mais um sonho,
    Que transborde vida e brilhe na luz do sol,
    E que se solte ao ar… para recomeçar!

    Um pouco de poesia 😉 #DeMinhaAutoria

    Textos que inspiram! Muito bom Caião!

    • Rapaz, fazia tempo que não pintavam rimas suas heim? Exclente! 🙂
      Vamo que vamo!

Fale Comigo!

Oi! Como posso te ajudar?

Not readable? Change text. captcha txt
Organizar a bagunça, finalizar tarefas e ainda sobrar tempo. Pode? | Blumerangue